O Serviço a D’US no Dia do Perdão tem base na bíblia ou apenas é a visão dos sábios de Israel?

O Site Bnei Noach
Projeto Noaismo Info
APRESENTA

 

Vimos na publicação anterior que neste dia de Yom Kipur, o Dia do Perdão, judeus e Bnei Noach recitam: “o Arrependimento, a Oração e a Caridade afastam a severidade da sentença“, e que segundo o próprio Rebe estas mesmas palavras em português não transmitem o real significado das palavras originais no hebraico: “teshuvá, tefilá e tsedacá“. Porém, uma outra questão surgiu:

Mas este Serviço a D’US (de Arrependimento, Oração e Caridade) para obter o Perdão Divino tem base na bíblia (Torá) ou apenas é a visão dos sábios de Israel?

 

O Rabino Simcha M. Bart, do Chabad, responde:
“Estes três (teshuvá, tefilá e tsedacá) têm um lugar único na realização da expiação. Há muitos versículos no Tanach que mostram que esses três trazem o perdão dos pecados.

“Quando pecarem contra Ti – pois não há pessoa que não peque – e Tu Te indignares contra eles e os entregares nas mãos do inimigo, que os aprisionarão e levarão cativos à terra do inimigo, seja longe ou seja perto, mas cairem em si na terra à qual forem levados cativos, e SE ARREPENDEREM e Te suplicarem na terra do seu cativeiro, dizendo: ‘Pecamos, agimos perversamente e cometemos iniquidade’, E RETORNAREM A TI com todo o seu coração e com toda a sua alma, estando na terra de seus inimigos que os levaram ao cativeiro, E REZAREM A TI, voltados na direção da sua terra que deste a seus pais, para esta cidade que escolheste e para esta casa que construí ao Teu Nome – ouve, pois, nos céus, a sede da Tua habitação, a sua oração e a sua súplica, faz-lhes justiça e PERDOA ao Teu povo que houver pecado contra Ti, e A TODAS AS SUAS TRANSGRESSÕES que cometeram, e dá-lhes misericórdia perante aqueles que os levaram cativos, para que tenham compaixão deles.” (I Reis 8:46-50)
Aqui vemos a Teshuva e a Tefilá como sendo a causa do perdão de D’us.

O Profeta Daniel advertiu o rei Nevuchadnêtsar (Nabucodonosor), um não-judeu:
“Entretanto, ó rei, aceita meu conselho:
redime teu pecado com comportamento íntegro e purga tua iniquidade através de CARIDADE para com os pobres; talvez assim se estenda o período em que manterás tua tranquilidade.” (Daniel 4:24)
Aqui vemos o papel da tsedacá.

Simcha Bart”

© Rabi Simcha Bart
© Projeto Noaismo Info

Traduzido do inglês por Projeto Noaismo Info: © Projeto Noaismo Info

 

Se você não viu o post anterior, veja:

Hoje é Yom Kipur (explicação do Rebe sobre alguns conceitos)

 

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Site Bnei Noach Projeto Noaismo Info

A Torá comentada para Bnei Noach – Gênesis c1v3v4

LOUVADO SEJA D’US!

 

Torá Para Não-judeus

 

A Torá Comentada Para Bnei Noach Por Rav Moshe Weiner e Traduzida Por Projeto Noaismo Info

Parashá |פרשה| Bereshit |בראשית|, isto é, Porção Semanal Bereshít (Gênesis 1:1-6:8)

 

Gênesis 1:3
E D’US disse: “Faça-se luz”, e a luz foi feita.

Gênesis 1:4
E D’US viu que a luz era boa, e D’US separou a luz das trevas.

E D’US viu que a luz era boa, e D’US separou a luz das trevas
D’US viu que não é apropriado que a luz e as trevas sirvam em um estado de confusão, e por isso as separou, e ELE estabeleceu para uma seu reino durante o dia, e para a outra o seu reino durante a noite.

De acordo com o Midrash, ELE viu que não era apropriado que a luz fosse utilizada pelos ímpios, então ELE a reservou [como recompensa] para os justos no Mundo Vindouro.

A explicação desta declaração dos Sábios é que os ímpios conduzem suas vidas em um “vazio que é assombrosamente vazio e escuro”, e não percebem a Luz Divina. Esta é uma luz espiritual que é perceptível pelo intelecto de uma pessoa (e não é como a luz do Sol que brilha durante o dia, que é perceptível pelo olho humano), e os ímpios que escolhem “um vazio e escuridão surpreendentemente vazios” não desejam, nem são capazes de obter, prazer desta luz espiritual. Mas D’US apartou esta luz para os justos que escolhem de livre vontade, pelo poder de seu intelecto, buscar e encontrar esta luz espiritual ao longo de sua vida. Esta “luz” será revelada a todos no Mundo Por Vir, como está escrito (Isaías 30:26) “E a luz do sol será sete vezes maior que a luz dos Sete Dias da Criação”, e (Malaquias 3:18) “E vocês retornarão [para D’US] e perceberão a diferença entre os justos e os ímpios”.

 

Todos os colchetes são originais do texto do Rav Moshe Weiner (exceto se estiver indicado N.T. ou Nota do Tradutor).

Por Rav Moshe Weiner
Traduzido do inglês exclusivamente por Projeto Noaísmo Info: © Projeto Noaismo Info — autorizado por Rabi Moshe Perets

© Rav Moshe Weiner (Rabino Supervisor da Organização Ask Noah International e autor do The Divine Code)
© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach endossado pela Organização Ask Noah International e pelo Rav Shimshon Bisker, de Israel (autor de mais de 40 livros))

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Site Bnei Noach Projeto Noaismo Info

A Torá comentada para Bnei Noach – Gênesis c1v2

LOUVADO SEJA D’US!

 

Torá Para Não-judeus

 

A Torá Comentada Para Bnei Noach Por Rav Moshe Weiner e Traduzida Por Projeto Noaismo Info

Parashá |פרשה| Bereshit |בראשית|, isto é, Porção Semanal Bereshít (Gênesis 1:1-6:8)

 

Gênesis 1:2
Ora, a Terra estava assombrosamente vazia, e havia trevas sobre a face das profundezas, e o espírito de D’US pairava sobre a face das águas.

Ora, a Terra estava etc.
O texto nos diz que a Criação começou com a criação da Terra, e “Terra” aqui é um termo abrangente que significa toda a Criação (do mundo, e não apenas da terra seca). Somente no Segundo Dia D’US separou os Céus da Terra. (E o fato de mencionar (1:1): “No princípio D’US criou os Céus”, não significa dizer que a criação dos Céus precedeu a criação da Terra, mas sim que foi completada antes, pois a obra da criação dos Céus foi concluída no Segundo Dia, ao passo que a obra de criação da Terra foi concluída no Terceiro Dia.) Assim diz (Capítulo 2:4b) “no dia de Hashem D’US fazer a Terra e os Céus” — indicando que a criação da Terra foi a primeira.

Assombrosamente vazia
[Rashi (Rabi Shlomo Yitschaki) explica “assombrosamente” como desnorteamento e desolação — uma situação em que uma pessoa fica desnorteada com o grau de desolação ali presente; “vazia” implica em intrigar sobre “o que há nela”,] e a escuridão estava na face das [águas das] profundezas, porque as águas englobavam o mundo inteiro, e a Luz ainda não havia sido criada.

E o espírito de D’US pairava
E um “vento” de ante D’US estava “pairando sobre as águas” — o vento [ar] estava pairando sobre as águas.

E o versículo nos informa ainda que o início da Criação Divina apareceu como algo oculto, a saber, que não era de todo compreensível, algo em que não havia nenhuma ordem, mas sim apareceu assombrosamente vazio e escuro, e que a intenção divina — insinuada na frase “o espírito de D’US estava pairando” — transcendia e estava oculta. Só depois D’US disse “Haja luz” — para poder perceber a essência e a razão de tudo, e houve luz.

E este é um grande princípio ético que devemos estar cientes: que o início de cada questão, seja nos acontecimentos do mundo ou em empreendimentos humanos, a princípio parece confuso, desorganizado e inexplicável, como diz o Talmud (Shabat 77): “Da mesma forma que a Criação do mundo: primeiro as trevas, depois a luz”. Porque a intenção de D’US não é de modo algum clara no início — e somente após o esforço humano torna-se evidente que há uma “luz divina” na questão.

 

Todos os colchetes são originais do texto do Rav Moshe Weiner (exceto se estiver indicado N.T. ou Nota do Tradutor).

Por Rav Moshe Weiner
Traduzido do inglês exclusivamente por Projeto Noaísmo Info: © Projeto Noaismo Info — autorizado por Rabi Moshe Perets

© Rav Moshe Weiner (Rabino Supervisor da Organização Ask Noah International e autor do The Divine Code)
© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach endossado pela Organização Ask Noah International e pelo Rav Shimshon Bisker, de Israel (autor de mais de 40 livros))

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

A Torá comentada para Bnei Noach – Gênesis c1v1

LOUVADO SEJA D’US!

 

Desde que substituímos o nosso Projeto anterior por este aqui, o Projeto Noaísmo Info (em agosto de 2015), nós vimos tendo, graças a D’US, muitas surpresas. Produzimos o primeiro e único Guia Bnei Noach de Bênçãos e Orações virtual. Produzimos o primeiro e único Guia Bnei Noach de Bênçãos e Orações em Livro Digital (“sidur” noaítico) e Gratuito, revisado pelo Rav Shimshon Bisker. Distribuimos o primeiro e único Contrato de Casamento Bnei Noach. Produzimos junto com o Rav Shimshon Bisker o primeiro e único livreto digital Bnei Noach infantil (com orações) no Brasil (o Guiazinho). Produzimos o primeiro e único Curso Bnei Noach virtual e gratuito. Lançamos (idealizada pelo Rav Shimshon Bisker) a Livraria virtual Projeto Noaismo Info. Fizemos a primeira e única tradução do livro Bnei Noach infantil no Brasil do Rabi Yerachmiel Altman.
E se você achou que o Projeto Noaísmo Info não teria mais novidades para lançar neste ano de 2022, você se enganou.
Mais uma vez o Projeto Noaismo Info sai na frente trazendo mais uma grande e incrível surpresa.

O Projeto Noaismo Info, graças a D’US, tem a honra e a bênção de orgulhosamente anunciar e apresentar o lançamento de
A TORÁ COMENTADA PARA BNEI NOACH POR RAV MOSHE WEINER E TRADUZIDA POR PROJETO NOAISMO INFO.

Sim, isso mesmo, a partir de agora a Comunidade Bnei Noach do Brasil e todo ben-Noach brasileiro no exterior e todo ben-Noach de fala portuguesa no mundo poderá ter a oportunidade finalmente de ler a Torá, a Própria Palavra Original de D’US, e não apenas isso, mas também lê-la com comentários, e mais ainda, apropriados para os próprios Bnei Noach.

Este é mais um dia histórico para o Movimento Bnei Noach da Torá no Brasil.

Então, vamos iniciar.

 

Torá Para Não-judeus

 

A Torá Comentada Para Bnei Noach Por Rav Moshe Weiner e Traduzida Por Projeto Noaismo Info

Parashá |פרשה| Bereshit |בראשית|, isto é, Porção Semanal Bereshít (Gênesis 1:1-6:8)

 

Gênesis 1:1
No princípio D’US criou os Céus e a Terra.

No princípio
Rabi Isaac disse: [Por que a narrativa da Torá começou com NO PRINCÍPIO — relatando a história da Criação —, quando] a Torá deveria ter começado com “Este mês é para você” (Êxodo 12:2), que é o primeiro mandamento que os israelitas foram ordenados[?] Por qual razão ELE começou com “No princípio”? Por causa [do versículo em Salmos 111:6:] “A força de SUAS obras ELE relatou ao SEU povo, para dar-lhes a herança das nações”. [ELE relatou ao SEU povo a força de SUAS obras na criação do mundo a fim de dar-lhes a herança das nações,] pois se as nações do mundo disserem a Israel: “Vocês são ladrões, pois conquistaram pela força as terras das sete nações [de Canaã]”, eles [Israel] responderão: “Toda [est]a terra pertence ao SANTO, Bendito é ELE; ELE a criou e a deu a quem ELE considerou apropriado. Quando quis, deu-a a eles [os cananeus], ​​e quando quis, tirou-a deles e nos deu”. (Rashi)
A explicação desta declaração dos Sábios é que desde o início da Criação D’US escolheu a nação de Israel como uma nação especial para servi-LO, como diz [Êxodo 19:6:] “E você será para MIM um reino de sacerdotes e uma nação santa”, e ELE designou para eles uma terra particular que deve pertencer somente a eles, e ELE fez saber em SUA Torá que ELE a criou e a deu a quem ELE considerou apropriado.

No princípio D’US criou os Céus e a Terra [N.T., ou, criou o Universo]
Este versículo fala sobre a Criação em geral, e depois explica os detalhes da Criação. A explicação de no princípio é “No princípio do tempo da Criação” [e ELE escreveu no princípio de forma genérica, como se dissesse “No princípio de tudo”] ELE criou essas coisas, e não não houve tempo anterior [a este “princípio”] em que havia algo mais, como algum tipo de material primordial, mas sim o início da criação do tempo e o início da criação da matéria foi no primeiro dia junto com a criação dos Céus e da Terra. E o relato da Criação preenche uma grande necessidade já que é a raiz de toda Fé, pois qualquer um que não acredita que a criação do mundo foi ex Nihilo [= do nada] [N.T., em hebraico Iesh Meain] e sim pensa que o mundo existiu eternamente essencialmente nega a base de toda Fé e é inteiramente desprovido de Torá.

D’US criou
O significado de “criou” é um ato [que é particular somente de D’US] para produzir algo do nada absoluto para uma existência detectável. [E esta capacidade não pode ser encontrada entre as coisas criadas, nem pode ser compreendida por elas em absoluto, mas esta capacidade é peculiar somente a D’US.]

D’US
Este nome, [Elohim em hebraico], é um dos nomes do SANTO, Bendito é ELE. O significado deste nome é Regência e Soberania, pois D’US age como PERSCRUTADOR e JUIZ, já que ELE perscruta e julga o mundo inteiro. Este nome é mencionado primeiro no ato da Criação [no Capítulo 1. Nem um outro nome de D’US é mencionado até Gênesis 2:4: “no dia de Hashem D’US fazer”] porque a Criação é realizada por meio deste nome, quando a existência do mundo deve aparecer como uma existência criada. E o início da conduta divina com o mundo é por meio do atributo da Justiça, como exemplificado pelo nome Elohim [e só mais tarde O SANTO, Bendito é ELE, aparecerá como descrito por outros nomes que indicam outros tipos de conduta, como o atributo de Misericórdia ou outros atributos].

Elohim
Este nome significa domínio, um fato que dá importância ao criado [o mundo, os humanos] como os sábios disseram: “não há rei sem nação”. Em contraste, o nome Havayáh (Y-H-V-H) significa O CRIADOR da existência, daí o criado [o mundo, os humanos] não tem qualquer auto-importância em relação ao poder de criação do CRIADOR, APENAS ELE é a única figura na verdadeira existência, portanto, tudo o que é criado é anulado diante DELE. Veja 2:4.

 

Todos os colchetes são originais do texto do Rav Moshe Weiner (exceto se estiver indicado N.T. ou Nota do Tradutor).

Por Rav Moshe Weiner
Traduzido do inglês exclusivamente por Projeto Noaísmo Info: © Projeto Noaismo Info — autorizado por Rabi Moshe Perets

© Rav Moshe Weiner (Rabino Supervisor da Organização Ask Noah International e autor do The Divine Code)
© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach endossado pela Organização Ask Noah International e pelo Rav Shimshon Bisker, de Israel (autor de mais de 40 livros))

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

As suas almas que reencarnam e a sua alma que não reencarna

APRESENTA

 

As suas almas que reencarnam e a sua alma que não reencarna

Por Rabi DovBer Pinson

 

Guilgul: Reencarnação das Suas Almas
A Torá fala [por exemplo] do encontro entre Moshe, a alma de Hevel/Abel, e Yitro, a alma de Kayin/Cain, e sua reconciliação.

Existe o nosso eu autobiográfico, o “eu” pessoal, que inclui a nossa forma particular de pensar, de sentir e de interagir com os outros. É a isto que você costuma se referir quando diz ‘eu me conheço’. O que você está realmente dizendo é que você conhece sua história.

Cada pessoa tem sua própria história. Quando uma pessoa nasce, ela nasce com uma alma individual com um tipo particular de alma. Imagine uma folha de papel em branco, simbolizando o início da vida de alguém. Ela está vazia; experiências de vida ainda não foram escritas nela. Por outro lado, esta folha em branco já tem uma tonalidade, uma textura e um peso. Algumas folhas de papel têm uma tonalidade amarela; outras têm uma tonalidade azul mais sutil, e outras são cinzas. Algumas são foscas e outras são mais brilhantes.

Todos nós temos inclinações naturais e modos de ser, mesmo antes de nossa história de vida começar a se desdobrar. Uma pessoa está mais inclinada a ser generosa e outra está mais inclinada a ser contida. Tais são os matizes particulares no fundo de nossa história, informando como a história será vista e compreendida. Cada dia e cada momento estamos ‘escrevendo’ nossa história. Nossos pensamentos, ações e experiências estão sendo impressos em nosso papel, em nossas Nefesh, Ruach e Neshamá particulares.

Diferentes personalidades vão experimentar o mesmo evento de forma diferente, de acordo com sua ‘tonalidade’ ou tipo de alma. Todas as variedades de almas, com suas diferentes percepções e histórias de vida, estão enraizadas em diferentes partes da alma primordial de Adam Kadmon/Adão Primordial[*]. Algumas almas estão enraizadas na ‘cabeça’ deste ser, e algumas se derivam de suas ‘mãos’, ‘coração’, ou ‘pés’.

[* Adam Kadmon não se trata do primeiro ser humano, mas de um mundo ou um plano da realidade.]

Almas ‘cabeça’ podem gravitar em direção a atividades intelectuais, enquanto almas ‘mãos’ podem tender a trabalhar com destreza manual. As almas ‘coração’ podem transbordar de emoção ou devoção, e as almas ‘pés’ podem ser orientadas para estilos de vida ativas e movimentadas. Os padrões genéticos do nosso corpo físico, juntamente com a nossa educação, condicionamento e ambiente, são todas expressões providenciais do nosso tipo de alma.

Cada imagem da alma é holográfica; uma alma ‘cabeça’ não carece de coração, e uma alma ‘coração’ tem alguns atributos ‘cabeça’. Cada expressão distinta da alma primordial possui todas as capacidades de pensar, sentir, trabalhar e se mover. No entanto, alguém nascido com uma alma ‘cabeça’ que decide se ocupar com atividades e preocupações da alma ‘mão’, está agindo contra sua verdadeira natureza. Isto impede que a pessoa se realize plenamente.

Para ser um ser humano plenamente realizado e atualizado, precisamos articular quem realmente somos, nossa expressão distinta da alma precisa ser totalmente expressa. Este é o nosso Tikun ou aperfeiçoamento….

…Todos nós temos áreas de singularidade ou especialidade onde brilhamos, e outras áreas onde não brilhamos tanto. Algumas pessoas são humanitários notavelmente compassivos e ainda acham desafiador se relacionar com suas próprias famílias. Alguns se destacam nas relações familiares e são pais, filhos, irmãos ou irmãs exemplares, mas enfrentam dificuldades na hora de fazer caridade e desfazer-se de seu dinheiro suado. As áreas em que brilhamos mais intensamente estão diretamente relacionadas às nossas raízes particulares dentro da alma coletiva de Adam. Nosso eu consciente, incluindo nossas ações, palavras, pensamentos, experiências e memórias, são expressões de nossa alma pessoal. Isto é o que a nossa alma é para a eternidade.

Como princípio geral, nossa individualidade ou brilho especial, aquela parte de nossa alma que se manifestou como nossa singularidade, não reencarna. Ela não precisa reencarnar porque através de seu desenvolvimento, seus desafios e sucessos, ela já alcançou plenamente o Tikun nesta vida. As partes de nós que precisam ser reencarnadas e re-pessoalizadas são os aspectos de nossa alma com os quais tivemos pouca experiência nesta vida….

 

Por Rabi DovBer Pinson
Traduzido do inglês por Projeto Noaísmo Info: © Projeto Noaismo Info

© Rabi DovBer Pinson
© Projeto Noaismo Info

Em memória de e para a elevação da alma de A.R.

 

O Rav Shimshon Bisker também trata de temas como alma, reencarnação…, em alguns de seus livros. Adquira os livros digitais do Rav Shimshon Bisker na Livraria virtual Projeto Noaismo Info:

Curso Bnei Noach parte 30 – ESPECIAL: LIVRARIA virtual Projeto Noaismo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

 

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Isaías 7:14

Qual o significado de Isaías 7:14? A quem esse versículo se aplica?

 

Por Rav Avigdor Miller

 

“Existe toda uma civilização que vive de mentiras; não apenas mentiras mentiras estúpidas. É uma tolice. E todos citam Yeshaya/Isaías (7:14): “Eis que uma jovem está grávida e dará à luz um filho.” Não diz “betulá”, virgem. “Almah” em “lashon kodesh” [na língua sagrada] significa “uma jovem mulher”. Quem mais deveria ter filhos se não uma jovem mulher? Mulheres idosas não podem ter filhos. [Tampouco mulheres virgens.] O navi [profeta] está falando com Achaz e ele está lhe dizendo que logo se livrará de seus inimigos. “Uma jovem mulher está grávida”, disse o navi; ele está falando da esposa de Achaz, “e antes que esta criança tenha idade suficiente para saber a diferença entre o bem e o mal, você Achaz vai se livrar de seus dois inimigos, Retsin e Pêcah ben Remaliáhu”.

Essa criança nasceu de uma virgem então? Era a esposa de Achaz. Ela deu à luz alguns meses mais tarde. E foi isso que aconteceu. Retsin e Pêcah ben Remaliáhu tiveram uma “mapalá” [uma derrocada] antes do nascimento do bebê.

Que “sheker” [mentira] mais estúpida! Eles estão usando esta mentira estúpida, de que ela era virgem, como uma mashal [uma alegoria] para seu mascote que nasceu 600 anos mais tarde. É tão estúpido! De imediato você vê que é uma tolice! É uma pena! Um mundo inteiro está iludido com catedrais e igrejas e religiões, todos os tipos de seitas. E se baseia em nada. É um mundo de pura fantasia.

É por isso que o passuk diz: “VOCÊ faz escuridão e este mundo se torna uma noite”. E os sábios dizem que se está falando sobre este mundo: Este mundo é como uma noite de escuridão, uma noite de erro. O mundo inteiro está mergulhado nesta tolice.”

Por Rav Avigdor Miller
Traduzido do inglês por Projeto Noaísmo Info: © Projeto Noaismo Info

© Rav Avigdor Miller
© Projeto Noaismo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Na bíblia judaica há histórias que são de fato alegorias?

Histórias Bíblicas

Perguntas & Respostas

 

Pergunta:
De que forma eu posso vir a saber quais histórias da Torá, bem como de toda a Tanach (bíblia judaica), são realmente verdadeiras — aconteceram de verdade — e quais não — sendo apenas alegorias?

 

Resposta:
Sua pergunta é muito interessante e importante. É fato que todos nós, judeus e não-judeus, sempre ouvimos falar de não se levar todas as palavras da bíblia ao pé da letra. Mas será que isto vale para todas as histórias bíblicas?

Respondendo a sua pergunta, o Rebe, Rav Menachem Mendel Schneerson, explica:
“A Torá não é apenas um livro de boas e VERDADEIRAS histórias; mas é também um Ensinamento; uma lição de como viver neste mundo.”

Mas a quais histórias o Rebe se refere como “verdadeiras”? Algumas ou todas?

Deixemos que ele próprio responda:
“As histórias também são instruções já que fazem parte da Torá, que quer dizer “instrução”. A história [então contada em qualquer parte da Torá] realmente ocorreu, não é preciso dizer, pois é parte da Torá da Verdade, mas a intenção da história é guiar e instruir.”

Então o Rebe está nos dizendo que nem uma única história da Torá, na verdade de toda a Tanach, é uma alegoria, mas que todas elas ocorreram de verdade? Sim. E que ele próprio enfatize isso:
“As histórias da Torá devem ser entendidas LITERALMENTE. É verdade que TODAS as histórias da Torá REALMENTE OCORRERAM, com todos os seus detalhes de acordo com a compreensão direta da narrativa bíblica. É tudo da “boca” do ONIPOTENTE. É tudo ‘a Torá Perfeita de D’US’, pura e sagrada Verdade.”

Por Rav Menachem Mendel Schneerson (o Rebe)
Traduzido do inglês por Projeto Noaísmo Info: © Projeto Noaismo Info

© Rav Menachem Mendel Schneerson
© Projeto Noaismo Info

Em memória de H.S.

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Curso virtual gratuito de Introdução ao Tema de Bnei Noach

× Este post é um Post de Divulgação.


 

O PROJETO NOAÍSMO INFO TEM A HONRA E O ORGULHO DE APRESENTAR, GRAÇAS A D’US, O MINI CURSO GRATUITO DE INTRODUÇÃO AO TEMA DE BNEI NOACH.

⇑ CLIQUE AQUI

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Não existe a palavra D-us na Torá Original; Elohim na Torá…

CURIOSIDADES
VOCÊ SABIA?
Você sabia que NÃO existe a palavra D’us na Torá Original, quer dizer, na Torá em hebraico? A palavra D’us (e seus equivalentes em outros idiomas) pode estar escrita nas traduções judaicas da Torá mas a verdade é que a palavra deus (Deus ou D’us) não existe no hebraico.
A palavra hebraica que denotaria o que para nós a palavra D’us denota é o nome impronunciável “Y_H_V_H” cujo codinome na Cabalá é Havayáh. O Shulchán Aruch lhe dá o seguinte significado: “ELE foi, é e será – O ORIGINADOR de toda existência”. Ou seja, o nome Havayáh representa D’US COMO ELE É EM SI MESMO. (Veja mais detalhes em: https://a-fe-original–noaismo.info/2019/03/19/qual-e-a-maior-diferenca-entre-o-conceito-judaico-de-dus-e-o-conceito-cristao-de-deus/)
 
A palavra “el” não significa deus (D’us) mas significa literalmente poder ou força, podendo então denotar qualquer poder ou força.
 
O plural de “el” não é “elohim” mas “elím”, e esta palavra significa literalmente poderes. A palavra “elim” é usada referindo-se especificamente às forças de impureza.
 
Em geral, a palavra “elôah” tem o significado literal de AQUELE Que tem ou ELE tem o poder (em absoluto) ou todo o poder.
 
E por fim, há o plural de “eloah” que é “elohím”. “Elohim” aplicado a Hashém não significa deus (D’us) ou deuses, nem poderes, mas significa literalmente AQUELE Que possui todas as forças/poderes, ou, AQUELE Que é A FONTE (A ORIGEM) de todas as forças/poderes ou ELE é O DONO de todas as forças/poderes.
Este Nome é atribuído a Hashém quando ELE age de forma mais oculta, através da própria natureza. Não é a toa que o valor numérico de “elohim” (86) é o mesmo da palavra natureza em hebraico, “hatevá”.
Já quando Hashém age de forma mais revelada, essa expressão é chamada de Hashém (O ETERNO) ou então algum outro nome de acordo como é a expressão DELE.
 
Porém, exatamente a palavra “elohím” pode ser usada em outros contextos, com outros significados. Por exemplo:
 
um tribunal (uma corte) (ou seja, juízes) também é chamado de “elohim”, pois lhe foi dado o poder de julgar;
 
os anjos também são chamados de “elohim”, pois lhes foi dado o poder de agir;
 
até mesmo as forças de idolatria também são chamadas de “elohim acherim”, isto é, outros poderes (na verdade não se tratando de poderes reais).
Por Projeto Noaismo Info e Rav Shimshon Bisker (o Rabino do Projeto Noaísmo Info)
Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

PDF gratuito sobre Bereshít (Gênesis)

É com prazer que compartilhamos aqui o e-book “Comentários da Torá escritos pelo Rabino Shimshon Refael Hirsch” disponibilizado pela Editora e Livraria Sêfer.

Comentários_da_Torá_hirsch_bereshit

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

Os Verdadeiros Judeus Messiânicos

 

Os Verdadeiros Judeus Messiânicos:
os judeus que têm permanecido fiéis ao judaísmo

 

Por moré Yosef Ben Shlomo Hakohen

Como sabemos, o cristianismo diviniza Jesus e também o vê como o Messias prometido; assim, alguns judeus que têm adotado crenças cristãs nos últimos anos começaram a chamar a si mesmos de “judeus messiânicos”. Precisamos nos lembrar, entretanto, que eles não têm direito a este título já que ele pertence aos judeus que têm permanecido fiéis ao judaísmo e que, portanto, aguardam o verdadeiro Messias.

Uma das principais razões pelas quais os judeus que adotaram as crenças cristãs, incluindo a divinização de Jesus, não devem ser chamados de “judeus messiânicos” é porque nossas escrituras sagradas definem o Messias como um ser humano. Por exemplo, o Profeta Isaías descreve o Messias como um homem que descende de Jessé, o pai de Davi:

“Um rebento sairá do tronco de Ishai (Jessé) e um ramo de suas raízes brotará. E sobre ele pousará o espírito de Hashém, espírito de sabedoria e de compreensão, de capacidade de aconselhamento e de fortaleza, de conhecimento e de temor a Hashém.” (Isaías 11:1-2 Bíblia Hebraica Editora Sêfer)

A passagem acima indica claramente que o Messias é um ser humano iluminado que teme D’US, mas que não é D’US. Os cristãos, no entanto, chamam o homem que vêem como o Messias de “Deus e Salvador” – uma crença que contradiz a seguinte proclamação divina: “EU, SOMENTE EU, sou D’US, e não há SALVADOR além de MIM.” (Isaías 43:11)

Outra razão importante pela qual os judeus que têm adotado crenças cristãs não devem ser chamados de “judeus messiânicos” é porque Isaías revela na passagem seguinte que o verdadeiro Messias inaugurará uma era de paz mundial e de iluminação espiritual quando ele vier; além disso; na era do Messias, D’US também reunirá [em Israel] todos os exilados [do povo] de Israel:

“Não causarão dano e nada destruirão em MEU santo Monte (Tsión), porque o mundo inteiro estará repleto do Conhecimento de Hashém, como as águas cobrem o mar. Nesse dia o descendente de Ishai será como um estandarte de ponto de encontro para todos os povos. A ele acorrerão todas as nações, e a sua paz será com honra. Será nesse dia que Hashém O MESTRE de todos mais uma vez mostrará SUA mão para recuperar os remanescentes de SEU povo (Israel) que tiverem ficado na Assíria, no Egito, em Patros, em Cush, em Elam, em Shinar, em Chamat, e nas ilhas do mar. ELE erguerá um estandarte para as nações e ajuntará os dispersos de Israel; e ELE reunirá (em Israel) os dispersos de Judá dos quatro cantos da Terra.” (Isaías 11:9-12)

As profecias acima não foram cumpridas durante a vida de Jesus; assim, vê-lo como o Messias é uma traição à tradição profética. Os verdadeiros judeus messiânicos são aqueles que esperam o verdadeiro Messias que inaugurará a era da paz e da iluminação espiritual para Israel e para o mundo. Neste espírito, eles proclamam o seguinte princípio de nossa fé: “Eu creio com total fé na vinda do Messias, e ainda que ele possa se atrasar, no entanto, espero cada dia por sua chegada.”

Enquanto estou sentado em minha casa em Jerusalém, oro para que nossos irmãos e irmãs perdidos que têm adotado crenças cristãs retornem para seu D’US Único e Amoroso, para sua Torá que dá vida e para seu povo, para quem foi dada a Torá e suas interpretações.

Por moré Yosef Ben Shlomo Hakohen

© Yosef Ben Shlomo Hakohen
© Projeto Noaismo Info: traduzido do inglês por © Projeto Noaísmo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

 

Veja também

https://a-fe-original–noaismo.info/2019/12/09/um-alerta-especialmente-para-os-judeus-cuidado-com-os-autointitulados-judeus-messianicos/

E

https://a-fe-original–noaismo.info/2020/08/03/uma-carta-para-os-bnei-noach/

Livros recomendados para as crianças Bnei Noach e Sete textos da bíblia judaica para elas recitarem e O Guiazinho

OUTUBRO
MÊS DAS CRIANÇAS

 

Livros recomendados para as crianças Bnei Noach e Sete textos da bíblia judaica para elas recitarem e O Guiazinho

 

https://a-fe-original–noaismo.info/2017/10/25/livros-recomendados-para-as-criancas-noaitas/

 

https://a-fe-original–noaismo.info/2019/05/25/sete-textos-biblicos-para-as-criancas-bnei-noach/

 

https://a-fe-original–noaismo.info/o-guiazinho-um-livreto-para-as-criancas-bnei-noach/

 

O Rebe disse:

“Toda criança precisa de uma educação adequada.
A educação trata do propósito da própria vida. A educação não é apenas a transferência de informações — não é uma mera aquisição de habilidades e conhecimentos. Seu principal objetivo é a formação do caráter, para que cada pessoa possa desenvolver seu potencial e viver uma existência significativa.

Nossos filhos devem aprender que o mundo não é uma selva. Uma criança deve se tornar consciente do “Olho que vê, e do Ouvido que ouve”, de um D’us onipresente que deu para a humanidade regras de conduta adequada, e que vigia para ver se estas {regras} são respeitadas.

É no nível pessoal que as Leis Noaíticas são mais poderosas, já que é através de nossas vidas que a influência cria uma mudança real. Ao melhorar nós mesmos, melhoramos o mundo.”

Por Projeto Noaismo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

Que tipo de livro é a Bíblia (Torá)?

 


“Toda a Torá foi dada para tornar este mundo físico um lugar espiritual e harmônico.” — Rabi Eli Levy (Chabad)


Que tipo de livro é a Bíblia (Torá)?

 

Por Rabi Eli Brackman (Chabad)

 

Nos últimos anos tem havido uma enorme quantidade de livros sobre a Bíblia que servem como guia para diferentes áreas da vida e perspectivas.

É possível encontrar livros sobre a Bíblia como literatura, Bíblia como arqueologia, Bíblia como poesia, Bíblia como história, Bíblia como filosofia, Bíblia como código para a ciência política e Bíblia como guia para a sabedoria nos negócios.

Em um livro muito intrigante do rabino Jonathan Sacks, The Home that we Build Together (O Lar que Vamos Construir Juntos), ele argumenta que a Bíblia Hebraica pode ser usada como um livro de texto sobre como construir uma sociedade multicultural bem-sucedida no século 21 no Reino Unido.

Similarmente, no livro Jewish Wisdom for Business Success: Lessons from the Torah and Other Ancient Texts (Sabedoria Judaica para o Sucesso nos Negócios: Lições da Torá e Outros Textos Antigos), o rabino Levi Brackman argumenta que os textos antigos da Torá podem servir como uma fonte de sabedoria e perspicácia sobre como ter êxito nos negócios.

Enquanto a sabedoria da Torá pode ter algo a dizer ao mundo contemporâneo da política e dos negócios, isto não é essencialmente o que a Torá é e pode levar a interpretações errôneas.

A Torá é essencialmente um trabalho espiritual destinado a aproximar uma pessoa de D’us e assegurar a vivência de uma vida ética e moral entre essa pessoa e sua família e vizinhos.

Isto é indicado no Mishnê Torá do rabino Maimônides (1138-1204), leis de Chanucá (Ch. 3), onde ele afirma que o propósito da Bíblia Hebraica é trazer paz ao mundo.

Para ser claro isto não significa que este é um trabalho sobre a resolução de conflitos a nível geopolítico, mas principalmente sobre a paz entre vizinhos e a harmonia familiar.

Toda a Torá é para este propósito — trazer paz entre uma pessoa e outra.

As histórias da Torá devem ser vistas de maneira similar. Não é um livro de história ou política — deve-se ver a Torá como um texto relevante para o desenvolvimento pessoal e espiritual da pessoa.

No pacto do Monte Sinái os judeus aceitaram um sistema de lei, social e espiritual, ao qual foram obrigados, além das leis universais da sociedade.

O D’us da Bíblia Hebraica é a fonte da moralidade e a Bíblia é o código de ética absoluto. “A Torá é o Ensinamento DIVINO para o povo judeu e para a humanidade.” A Bíblia Hebraica ensina como o indivíduo pode se aproximar de D’us e se tornar um ser humano mais espiritual e moral.

A Torá não é um livro de política ou história, mas de ensinamentos morais para a própria vida pessoal.

 

© Rabi Eli Brackman

Traduzido do inglês por Projeto Noaismo Info

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

 

Você sabia que a Bíblia (Torá) tem uma mensagem para você, não-judeu?

Se você ainda não conhece esta mensagem, para conhecê-la, acesse

https://a-fe-original–noaismo.info/2016/01/29/o-caminho-espiritual-do-nao-judeu/

e ler

https://a-fe-original–noaismo.info/2016/03/08/bnei-noach-o-caminho-da-tora-para-os-nao-judeus/

 

Dedicado a Natan S. O., e em homenagem ao Rebe anterior (o sexto Rebe de Lubavitch), Rabi Yosef Yitschak Schneersohn.

Sete textos bíblicos para as crianças Bnei Noach

Sete textos bíblicos para as crianças Bnei Noach

Matéria produzida pela Ask Noah International

 

O Rabi Dr. Jacob Immanuel Schochet, do Chabad, o primeiro rabino supervisor da Organização Ask Noah  International (voltada para os noaítas (Benêi Nôach/Filhos de Noá)), recomenda sete versículos da bíblia judaica (Tanách) para as crianças aprenderem e recitarem.
Pedimos a todas as crianças não-judias que memorizem-nas e digam-nas todas as noites antes de dormir.

 

1. Gênesis 1:1
“No princípio D’us criou os céus e a terra.”

 

2. Gênesis 5:1
“No dia em que D’us criou os humanos, ELE os fez à semelhança de D’us.”

 

3. Salmos 34:15
“Evite o mal e faça o bem, busque a paz e a siga.”

 

4. Salmos 145:9
“Hashém é bom para com todos e SUAS misericórdias se estendem sobre todas as SUAS obras.”

 

5. Provérbios 15:3
“Em todos os lugares os olhos de Hashém estão observando os maus e os bons.”

 

6. Jó 28:28
“O temor de Hashém é a sabedoria, e saber evitar o mal é a inteligência.”

 

7. Isaías 48:17
“Assim diz Hashém, Seu Redentor, o Santo de Israel: Eu sou Hashém, Seu D’us, que lhe ensina para o seu próprio benefício, que lhe conduz pelo caminho que deve seguir.”

 

Traduzido por Projeto Noaismo Info

 

© Rabi Jacob Immanuel Schochet
© Ask Noah.org

 

Adquira os Sete Textos Bíblicos Para as Crianças Noaítas (Bnei Noach) gratuitamente no Livreto Digital Infantil O GUIAZINHO, o primeiro livro noaítico no Brasil voltado para as crianças, produzido por Projeto Noaismo Info e Rav Shimshon Bisker, em

PRIMEIRO LIVRO (DIGITAL) INFANTIL BNEI NOACH NO BRASIL: O GUIAZINHO — autores: Projeto Noaísmo Info e Rav Shimshon Bisker, de Israel

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Projeto Noaismo Info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)

A existência de um povo que prova a existência de D’us

Você já parou para pensar no como e no por que o povo judeu existe até hoje (existe há 4.000 anos)?

 

É a existência de um povo que prova a existência de D’us.

 

Veja em

https://a-fe-original–noaismo.info/2016/04/22/o-povo-de-dus/

Site Bnei Noach (BRA)_Bnei Noach_Filhos de Noé_Leis Universais_Noaismo.info

© Projeto Noaismo Info (Site Bnei Noach)